Reiki

Reiki é uma terapia complementar, no âmbito das Terapias e Medicinas de Campo Bio Energético, na qual o Reiki está inserido segundo o conceito da NCCAM – National Center for Complementary and Alternative Medicine, que é uma Agência dos EUA, dedicada à explicação rigorosa sob o prisma da ciência, das Medicinas Complementares e Alternativas.

Reiki é uma terapia complementar e integrativa, onde se depreende que um tratamento é realizado através de uma técnica de contacto leve ou, ou mesmo sem contacto, do local afectado no corpo ou seguindo um processo de tratamento que visa a aplicação em várias partes do corpo, sempre respeitando a integridade do utente. Esta técnica visa realinhar o fluxo de energia vital, trazendo o equilíbrio energético ao corpo e uma sensação de bem-estar geral, conforme é ilustrado pela GALE ENCYCLOPEDIA OF ALTERNATIVE MEDICINE.

Reiki é também uma terapia profilática, levando o praticante ou o utente a encontrar o seu equilíbrio vital, auxiliando-o a reagir melhor às condições propícias à doença e é, também, um excelente suporte para cuidados paliativos.

O Reiki tem vindo a ser integrado em vários hospitais no Brasil, Estados Unidos, Reino Unido e Espanha, como uma terapêutica complementar. No Hospital de Hartford, o Reiki é definido como uma técnica japonesa de para redução de stress e relaxamento, que compreende que tudo no Universo é feito de energia e que a mesma flui à nossa volta e dentro de nós. O Programa de Voluntários de Reiki do HOSPITAL de HARTFORD recebeu as honras do prémio “ASDVS Extraordinary Program”. Em Portugal, foi realizado um estudo de 2 anos, no Hospital São João do Porto, a utentes oncológicos, pela Enfermeira e mestre de Reiki Zilda Alarcão.